| Início |





Passeios Pedestres SAL

Verifique - Clique nos logotipos - Várias vantagens no preço dos bilhetes

CALENDÁRIO PRÓXIMO

Sábado 24 Fevereiro
Magias de Sintra

Povoadas desde o tempo das lendas, várias aldeias vivem agarradas às encostas da Serra de Sintra. Escondem segredos fantásticos, histórias contadas de geração em geração, trilhos de poetas, escritores e amantes. Desafiando o tempo, estas pérolas de história revelam a sua alma a quem percorre as ruas e travessas, na procura do emblemático largo principal e da frescura da água do chafariz. E quase sempre o cruzeiro olha de perto a igreja ou a ermida como que num ritual de símbolos por descobrir. Longe dos trilhos mais percorridos, percorrem-se velhos caminhos e passam-se por antigos conventos, quintas e tanques cobertos de musgo a caminho do coração da serra, sempre tão mágica e misteriosa. VER+


QUINTAS DE VERANEIO

Sábado 24 Fevereiro
Caminho de Fátima
"A Imensa Paisagem"

" Campos a perder de vista, paisagens sublimes entre a campina e o rio. Ali bem perto o progresso, a logística, os transportes.

Uma caminhada para se fazer olhando o horizonte, sem perder de vista o meu próprio horizonte, o meu destino de caminheiro, absorvendo as energias do espaço que me rodeia. "


O CAMINHO DE FÁTIMA (do Tejo) é uma Rota Pedestre que liga Lisboa ao Santuário Mariano de Fátima, utilizando o mais possível caminhos alternativos a vias rodoviárias de tráfego intenso.

PLANÍCIES CEREALÍFERAS

Domingo 25 Fevereiro
Pelo Bairro Alto e Bica

Capital do império perdido, Lisboa continua a ser uma cidade inexplicável pela sua beleza. A monumentalidade convive porta a porta com o rebuliço da vida, ou das vidas de muitos que se cruzam. Apressados, habituados ou embriagados, não reparam numa Lisboa de bairros típicos, de esquinas, de rostos, de histórias. Histórias que se contam pois estão nos livros e outras, que apenas se adivinham, pois estão num pulsar único de sorrisos e entre-janelas. Subir e descer o Bairro Alto e a Bica, sentir a luz única, sentir uma Lisboa, de bairros encarrapitados, de roupa estendida, do fado, das histórias da História, do típico e do apaixonado. VER+


GATOS DO BAIRRO ALTO

Domingo 25 Fevereiro
Terras do Risco

Diz a lenda que foi neste Vale do Risco que D.Afonso Henriques terá "arriscado" a divisão das suas tropas criando assim uma armadilha mortal para as tropas mouras sediadas no Castelo de Sesimbra. Por outro lado a presença da linha de horizonte da mais alta falésia sobre o mar no continente português apresenta-se como um "risco" perfeito no horizonte. Qual será a razão de tal nome? Podemos não ter resposta, neste percurso por uma zona misteriosa, inexplorada e com tesouros e visões únicas, acedendo a varandas debruçadas sobre o mar e percorrendo velhos caminhos usados por contrabandistas, escaladores e durante muito tempo local de treino dos militares portugueses que partiam para a guerra no ultramar. VER+


COSTA DA ARRÁBIDA - RISCO

Sábado 3 Março
O Aqueduto

Vigilante e sereno o Aqueduto das Águas Livres dá as boas vindas a quem entra em Lisboa pelo Vale de Alcântara onde, garbosamente, exibe o maior arco ogival do mundo. Ao longo de mais de cinquenta quilómetros e com uma complexa rede de canais a montante e de distribuidores a jusante, abasteceu Lisboa com a preciosa água durante mais de duzentos anos. Ponto de passagem pedonal ficou tristemente célebre pelos assassinatos cometidos pelo último condenado à morte em Portugal. Nos nossos dias é orgulho de todos os Portugueses e percorrer o seu passadiço é admirar uma engenharia fabulosa e avistar paisagens fantásticas. VER+


AQUEDUTO DAS ÁGUAS LIVRES
ARCARIA DE ALCÂNTARA

Sábado 3 Março
Socorro !

Curioso nome para esta elevação às portas da capital, onde Arthur Wellesley fez instalar o centro de comunicações da mais importante linha de defesa militar da história - as Linhas de Torres. Para percorrer este percurso são necessárias pernas fortes, coragem existencial e vontade de ver muito, ver paisagens a perder de vista, ver tudo e mais além. Os campos ao redor dos cabeços são marcados por atividade agrícola, por vezes abandonada, nos perfis de horizonte destacam-se os moinhos, mais singelos os tradicionais e mais austeros as novas eólicas. As nuvens e os nevoeiros, vindos do mar próximo, são normalmente companheiros de jornada, ora ao redor do corpo, ora abaixo dos pés, criando cenários de filme. VER+


SERRA DO SOCORRO

Domingo 4 Março
Porto do Contrabando da Mijona

Há um local na Costa da Arrábida, onde bravos homens fizeram a vida de pescador, mas por onde também passaram bandidos e contrabandistas, onde houve perseguições e capturas. Hoje tudo faz parte do passado e podemos desfrutar em segurança de um cenário de sonho pautado por escadarias imensas talhadas na rocha e chegar a praias escondidas que albergam espaços de lazer bem privados e resguardados. Não sabemos o porquê de tão curioso nome, mas pode ter origem nas saídas de água subterrânea que escoa das vertentes calcárias e mancha de branco as águas atlânticas. VER+


PRAIA DA MIJONA

10 e 11 Março
ALVITO E FERREIRA
10 e 11 de Março


Este é o interior, bem escondido, do imenso território do Alentejo, onde se cultivaram milhares de hectares de cereais que deram a este local a designação de "Celeiro de Portugal". Atualmente a paisagem é marcada pelos extensos olivais, uns mais tradicionais e outros marcadamente modernizados, de onde se conseguem extrair os mais finos e saudáveis azeites de elevada qualidade. Por aqui estiveram romanos com as suas villas agrícolas, povos germânicos que deixaram os primeiros rastos de cristianismo, muçulmanos que modernizaram os povoados e os sistemas de produção e finalmente bravos lusitanos que construiram castelos, povoaram lugares e deram riqueza patrimonial a esta região privilegiada.


IGREJA MATRIZ DE ALVITO


Veja aqui toda a programação de Passeios Pedestres SAL até 30 Dezembro 2018

Verifique em baixo - Clique nos logotipos - Várias vantagens no preço dos bilhetes

INFORMAÇÕES IMPORTANTES
» Não há informações de última hora.

CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS ADVERSAS

» O estado do tempo pode influenciar o cancelamento de actividades que se tornem inseguras em caso de chuva, vento forte, tempestade ou demasiado calor. As actividades previamente canceladas são anunciadas no site da SAL até às 06:00h do dia da sua realização. Consulte sempre antes de viajar para o local da actividade.




"Juntar-se à SAL é passar a viver
a partir de um ponto" . Veja o víde
o


 Este site é permanentemente actualizado


SISTEMAS DE AR LIVRE
Telf +(351) 265.227.685 ... Email sal@sal.pt ... Web Site http://www.sal.pt
RNAAT 28/2003 RNAVT 5107 Turismo de Portugal IP. NIF 503 634 379.
SAL é uma marca registada. Todos os direitos reservados.